Pensamento da Semana

Pensamento da Semana:


"Superar é preciso... Seguir em frente é essencial...Olhar para trás é perda de tempo... Passado se fosse bom era Presente."

Clarice Lispector

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

VIDA



Todos os dias recebo de uma amiga mensagens lindas e sempre que for possível vou dividir com vocês, tenho certeza que irão amar, assim como eu. Um grande beijo a todos.
 
"Cada desafio que enfrentamos nos capacita a enfrentar novos, maiores e gratificantes desafios.
Abraçar os desafios nos faz encontrar profundo e precioso valor neles. Apesar de nunca poder entende-los completamente, podemos com eles nos entender um pouco melhor.
Circunstâncias mudam de momento a momento e a vida é continuamente renovada. Apesar das mudanças trazerem consigo as suas dores e desconfortos, a realidade é que a vida sem mudanças torna-se extremamente vazia.
Com tantos altos e baixos a vida está  acontecendo ao nosso redor e como ela tem um sabor especial quando sabemos  que temos aquilo que é nosso...
Penso apenas que não adianta tratar o que já passou do ponto...Bolo solado não tem graça...Podemos até comer, mas precisaremos de um outro pra matar o desejo real...Decisões precisam ser pensadas sim, mas não podem exceder o momento certo, caso contrário cansa...
O caminho é celebrar e retirar deste presente de DEUS chamado VIDA, tudo de melhor que possamos e assim de verdade estar com o que nos serve e de resto ser breve..."
 
A mensagem de hoje é essa amigos, celebrem diariamente esse presente que é a VIDA que DEUS nos deixa para melhorarmos a cada dia como seres humanos. Ninguém sai de um câncer ou de qualquer dificuldade do mesmo jeito que entrou, tirem os pensamentos e atitudes ruins e mergulhem em pensamentos e atitudes boas.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

VER VENDO

Resolvi fazer uma faxina em algumas coisas e me deparei com esse texto que achei muito lindo e claro estou dividindo com vocês, pois tenho certeza que alguém está precisando desse texto.

De tanto ver, a gente banaliza o olhar...vê...não vendo.
Experimente ver, pela primeira vez, o que você vê todo dia, sem ver.
Parece fácil, mas não é: o que nos cerca, o que nos é familiar, já não desperta curiosidade.
O campo visual da nossa retina é como um vazio.
Você sai todo dia, por exemplo, pela mesma porta.
Se alguém lhe perguntar o que vê no caminho, você não sabe.
De tanto ver, você banaliza o olhar. Sei de um profissional que passou 32 anos a fio pelo mesmo hall do prédio do seu escritório.
Lá estava sempre, pontualíssimo, o porteiro. Dava-lhe bom dia e ás vezes, lhe passava um recado ou uma correspondência.
Um dia o porteiro faleceu. Como era ele? Sua cara? Sua voz?
Como se vestia? Não fazia a mínima ideia.
Em 32 anos nunca conseguiu vê-lo.
Para ser notado, o porteiro teve que morrer.
Se, um dia, em seu lugar estivesse uma girafa cumprindo o rito, pode ser, também, que ninguém desse por sua ausência.
O hábito suja os olhos e baixa a voltagem. Mas há sempre o que ver: gente, coisas, bichos. E vemos? Não, não vemos.
Uma criança vê o que um adulto não vê. Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. O poeta é capaz de ver pela primeira vez, o que , de tão visto, ninguém vê. Há pai que raramente vê o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher.
Nossos olhos se gastam no dia a dia, opacos.
...É por ai que se instala no coração o monstro da indiferença.

Otto Lara Rezende

A VOLTA


Hoje será mais uma data especial na minha vida, pois estou voltando a escrever no meu Blog, confesso que fiquei um bom tempo afastada, mas sempre lembrava desse meu “diário virtual” que me ajudou muito no período que estava em tratamento e que tenho certeza que também auxiliou muitos que passaram ou estão passando por algum momento difícil na vida.
Bom, primeiro quero dizer que estou muito bem graças a Deus e sempre que vou à consulta com um dos meus anjos da guarda o Dr. Luiz Henrique recebo um elogio por estar bem de saúde e seguindo minha vida, claro que ainda estou na luta para perder alguns quilinhos já que é bem recomendado, rsrs.

O meu tratamento foi muito intenso e com fortes doses de medicações e por este motivo em alguns momentos ainda sinto uma dor na região onde tinha o tumor e confesso que no inicio fiquei muito preocupada com pensamentos não muito bons, foi quando perguntei ao meu médico e ele disse que essa sensação pode continuar devido a toda medicação no meu corpo, porém antes de saber disso confesso que ficava preocupada e achava que era um sentimento que somente eu sentia, hoje não tenho mais essa preocupação e para afirmar que esse sentimento não é unicamente meu Deus me mandou uma mensagem através de uma conhecida que também teve um câncer e em um determinado momento me perguntou se eu sentia medo dele retomar por que ela sentia e muito, com isso tive a certeza que essa sensação é normal a todos que passam por uma doença tão forte como essa, então o que posso dizer é continuar fazendo corretamente o tratamento, seguir todas as orientações do médico e ser feliz são remédios para evitar esse retorno.
No período que estava em tratamento presenciei muitas pessoas serem vencidas por essa doença e isso me entristecia muito e em alguns momentos perguntei por que eu consegui sair vitoriosa dessa luta, hoje tenho a resposta, pois muitas pessoas me procuraram para falar que veem a vida de outra forma, que realizam seus sonhos no presente e que amam mais seu próximo e eu também aprendi muito com tudo isso, pois hoje me sinto  um ser humano melhor, que tenta ser uma boa filha e que sempre que pode passa uma palavra de conforto a quem precisa.

E para terminar por hoje, deixo vocês com uma frase belíssima que recebi de uma amiga e quero compartilhar com todos.

“Precisamos entender que mesmo que as coisas fujam ao nosso controle, elas continuam rigorosamente sob o controle de DEUS.”